O portal de turismo NaSerraCatarinense é uma plataforma do Correio Lageano. Foi criado para ser referência na difusão de conteúdos turísticos da região, oferecer informações e serviços e contribuir com todos que buscam experiências marcantes. Saiba mais

Desenvolvido por
Siga o CL+
GO UP

De moto pela Serra Catarinense

Um dos maiores desejos de quem é apaixonado pelo universo duas rodas é pegar a estrada de moto. Não há nada mais gratificante do que viajar, observar belas paisagens, curtir o passeio e conhecer novos lugares. A Serra Catarinense é o destino perfeito para os amantes do motociclismo. Diariamente a região recebe centenas que viajam sozinhos ou em grupos.

E se o Deserto do Atacama é parada obrigatória no Chile, a Serra do Rio do Rastro, em Bom Jardim da Serra, é no Brasil para estes apreciadores. Muitos consideram a estrada como a “Meca dos motociclistas”, ou seja, você precisa passar por lá pelo menos uma vez na vida.

O lugar proporciona as mais diversas emoções. É considerada uma das estradas mais espetaculares do mundo, sua subida íngreme e curvas fechadas, de 180 graus, despertam o interesse de motociclistas de várias partes do Brasil e outros países. A pista, de concreto para oferecer maior aderência aos pneus, é a maior atração. E para deixar o percurso ainda mais interessante, o trajeto é embelezado com diversas quedas d’água e vegetação intocável.

No alto da Serra do Rio do Rastro, onde está localizado o Mirante, os motociclistas estacionam para contemplar a beleza. O mosaico de adesivos dos motoclubes são colados por todo o lado e testemunham a passagem destes turistas.

Mas a Serra do Rio do Rastro não é a única atração a ser visitada, normalmente os grupos seguem viagem para conhecer outras cidades e seus pontos de visitação como o Morro da Igreja e a Serra do Corvo Branco, em Urubici, o Morro das Torres, em Urupema, a Coxilha Rica, em Lages, entre outros. Segundo Rafael Menegaz, gerente do Urubici Park Hotel, a cidade de Urubici recebe dezenas de motociclistas diariamente, seja no verão ou inverno, o fluxo é alto o ano inteiro. Em média, ficam três noites hospedados para conhecer todos os pontos turísticos.

Eventos atraem cada vez mais motociclistas

As provas de velocidade, como Velocross, Arrancada de Moto e Motovelocidade, são responsáveis por atrair pilotos apreciadores do esporte sobre duas rodas. Os motores roncam e a poeira levanta nos maiores pegas já registrados. Velocidade, terrenos irregulares e muita adrenalina são alguns dos fatores que estes turistas buscam.

E para os motociclistas ligados ao off-road, as trilhas de motos como o Tuiuiu e o Rally Caminhos da Neve têm ganhado cada vez mais participantes.

Já os motociclistas com uma pegada mais custom ou esportiva sobem a região para participar de encontros como o Motoneve, em Lages, o Motofest e o Motochurrasco, em Urubici e Urupema. Como programação estão as manobras radicais, shows e o comércio e exposição de motos e acessórios, além de gastronomia típica.