O portal de turismo NaSerraCatarinense é uma plataforma do Correio Lageano. Foi criado para ser referência na difusão de conteúdos turísticos da região, oferecer informações e serviços e contribuir com todos que buscam experiências marcantes. Saiba mais

Desenvolvido por
Siga o CL+
GO UP

Serras

A Serra Catarinense têm seu encanto particular e uma das formações rochosas naturais mais bonitas do país, como as Serras do Rio do Rastro, em Bom Jardim da Serra, e a do Corvo Branco, em Urubici. Do alto destes dois pontos a vista para o horizonte é indescritível.

 

Serra do Rio do Rastro

Localizada a 1.421 metros de altura em relação ao nível do mar e 705 metros entre o pé da Serra e o mirante, foi eleita a estrada mais espetacular do mundo devido as suas 256 curvas sinuosas em um percurso de 8.100 metros. Já serviu de cenário para gravação de novelas, comerciais e filmes. Além de ocorrerem eventos esportivos das mais diversas modalidades. O acesso é pela SC-390. No Mirante da Serra, há local para alimentação, como restaurante, cafeteria e venda de souvenirs. Além de amplo estacionamento. Há também uma luneta em que é possível tentar avistar o mar depositando uma moeda.

Bom saber

Compras e alimentação: No mirante local há lanchonetes, restaurantes e quiosques. Ao longo do trecho outros pontos de compra e alimentação recebem os turistas. Ampla área para estacionar o seu veículo.

Serra do Corvo Branco

Com suas fechadas curvas, de até 180 graus, a estrada que forma a Serra do Corvo Branco, em Urubici, é primeira a ligar a Serra Catarinense ao Litoral Sul (Grão-Pará), e preserva seu traçado original. Para que a estrada fosse construída, foi necessário fazer um corte de 90 metros nos paredões de rocha basáltica, o que é uma das maiores obras da engenharia rodoviária. Inicia no meio de dois paredões, na SC-370. Recebe este nome para homenagear o Urubu-rei, ave de plumagem branca e detalhes coloridos, desconhecida pelos habitantes locais na época, foi apelidada de corvo, originando Corvo Branco.

É uma verdadeira emoção descer essa Serra, porém é preciso ter alguns cuidados, como revisar o freio do carro antes e também se atentar ao horário, pois ela não tem iluminação. Atualmente, passa por obras de pavimentação, e há trechos que estão fechados para a passagem de carro. Muitos turistas deixam suas assinaturas nos paredões de pedras com carvão ou pedra, para registrar que passaram pelo local.

Nas alturas de Santa Catarina

Associadas às mais gélidas temperaturas do Sul, o Morro da Igreja, com sua vista esplêndida para a Pedra Furada, em Urubici, e o Morro das Antenas, em Urupema, estão entre os lugares mais altos do Brasil e são verdadeiros cartões-postais de Santa Catarina.

 

Morro da Igreja e Pedra Furada

A 1.822 metros de altitude, o Morro da Igreja é, inegavelmente, um dos destinos mais procurados pelos turistas e o mais alto do Sul do Brasil habitado. Localizado a 29 km do Centro, o morro sedia uma base da aeronáutica que controla o espaço aéreo de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul.

Do alto tem-se uma visão privilegiada da Pedra Furada, formação que se assemelha a uma grande janela natural, com aproximadamente 30 metros de circunferência. A Pedra Furada é o ponto de referência da divisa entre três municípios: Urubici, Bom Jardim da Serra e Orleans.

Bom saber

Autorização: Para ter acesso ao Morro da Igreja é necessário autorização do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), localizado em Urubici. O horário de atendimento é das 8 horas às 12 horas e das 13 horas às 16h30min. Endereço: Avenida Pedro B Warmeling, 116, Urubici

Morro das Antenas

Único ponto no país onde o sincelo (nevoeiro congelante) acontece com tanta frequência e intensidade. Do alto é possível ter uma excepcional vista num raio de cerca de 60 km. O por do sol é encantador e proporciona uma sensação de liberdade.

Localizado a 1.750 metros, a subida é por meio de uma estrada de chão. De fácil acesso, o caminho é margeado por taipas e uma vegetação arbustiva.

No inverno, o morro é coberto com uma camada de gelo transformando a paisagem em um cenário bucólico e encantador. A antenas no alto dão um toque especial a este que é considerado o ponto mais frio do país.

Bom saber

Clima: Mesmo no verão, é importante vestir um casaquinho, pois no local venta muito.

Cachoeira que Congela: Em dias com temperatura negativa, a Cachoeira que Congela, ao lado, é digna de ser visitada.

Conheça os municípios da Serra Catarinense
Escolha os roteiros turísticos que mais combinam com sua viagem