m
O Correio Lageano é o maior veículo de comunicação da Serra Catarinense e continua sendo uma marca sólida, sinônimo de credibilidade e confiabilidade.
Desenvolvido por

GO UP

Serra registra recorde de temperaturas mínimas

O frio encanta turistas e serranos! As temperaturas mais baixas do país são registradas em Santa Catarina, na Serra Catarinense, lugar que tem sido muito procurado por turistas de várias partes do país, especialmente do Nordeste como Fortaleza, Manaus, Recife, Maceió, Belém, Salvador. Turistas que estão acostumados com o calor.

Bom Jardim da Serra, São Joaquim, Urubici e Urupema são cidade que fazem parte da região e lideram entre as mais frias. Como a distância entre um município e outro varia entre 40 a 100 km, é fácil visitar a Serra Catarinense e conhecer todos os pontos turísticos.

A previsão para este fim de semana é de temperaturas negativas com possibilidade de neve, assim como aconteceu no início de julho. A mínima registrada naquela data foi de -9,2ºC, em Urupema. De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura do município, este é um recorde, pois, até então, a mínima do inverno havia acontecido no ano de 1990.

A neve acontece anualmente na região. Neste início de mês, ela apareceu em São Joaquim, Bom Jardim da Serra e Urubici. Normalmente, as praças ficam lotadas de turistas na expectativa de poder tocar os flocos de gelo e fazer bonecos de neve.

Foto cachoeira: Wagner Urbano/Divulgação

Foto: Henrique Beling/Divulgação

As pousadas, hotéis, os hotéis-fazenda e as hospedagens alternativas costumam ficar cheias nesse período e há até quem opte por passar a madrugada dentro do carro ou em trailers, aguardando a neve. É como se as praças virassem um grande observatório, onde milhares de pessoas estão na mesma expectativa. Esse clima é contagiante.

Em Urupema, há um ponto turístico chamado “Cachoeira que Congela”, que nos dias mais frios, como sugere seu nome, tem a queda d’água congelada, formando um belo espetáculo da natureza. Há também o lago da praça central, que fica congelado com as temperaturas negativas. Em São Joaquim, na praça Cesário Amarante, as árvores congeladas são a atração. A prefeitura prepara as cerejeiras com mangueiras de água, para que com o frio da noite virem cristais de gelo.

Em cada cidade há um ponto de informação ao turista, que geralmente fica nas áreas centrais onde são informados os pontos turísticos, acessos e localização.

Fotos: Mycchel Legnaghi/São Joaquim Online/Divulgação

Fotos: Pablo Gomes/Divulgação

Vale lembrar

O turista que se prepara para vir à Serra, em dias de muito frio, deve estar atento às condições da estrada, pois é comum a camada de gelo na pista, o que exige maior perícia na hora de dirigir.

Conheça os municípios da Serra Catarinense
Escolha os roteiros turísticos que mais combinam com sua viagem